CGD denunciou depósitos suspeitos de Álvaro Sobrinho

Transferências de uma offshore levaram a Caixa Geral de Depósitos a notificar a justiça no âmbito da lei de branqueamento de capitais

Em causa estão 5,7 milhões de euros que o presidente do Banco Espírito Santo de Angola (BESA) tem arrestados na Caixa Geral de Depósitos.

Leia mais pormenores no e-paper do DN.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG