Cesarianas decididas só com base em critérios clínicos

A "permeabilidade" dos médicos à "moda" da cesariana "será maior no sector privado do que no sector público", referiu Ana Jorge

A ministra da Saúde, Ana Jorge, defendeu hoje a realização de cesarianas exclusivamente com base em critérios clínicos, combatendo a "moda" daquela intervenção "a pedido" da mulher, frequente sobretudo no sector privado.

Ana Jorge apelou, no encerramento do primeiro congresso nacional da Sociedade Portuguesa de Medicina Materno Fetal, para que "haja um critério clínico exclusivo para a indicação de cesariana, que tenha que ser muito bem cumprido". A ministra referiu aos jornalistas que o Ministério da Saúde fará uma campanha de sensibilização para "os riscos" que correm as mulheres e bebés sujeitos a uma cesariana.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG