Queda de parapente provoca um ferido

Um parapente caiu hoje, pelas 16:00, no Parque Verde do Mondego, no margem direita do rio, em Coimbra, provocando ferimentos no piloto do aparelho, disse fonte dos bombeiros sapadores daquela cidade.

No aparelho motorizado seguia outro ocupante, mas este "não sofreu quaisquer ferimentos", adiantou à Agência Lusa o chefe Amândio Lapa, da Companhia de Bombeiros Sapadores de Coimbra.

"São ainda desconhecidas as causas do acidente", acrescentou aquele responsável, sublinhando que o parapente "se embrulhou com as espias de suporte" de uma árvore de Natal iluminada, instalada, na semana passada, naquele espaço, junto ao rio, onde existem áreas de diversão e vários estabelecimentos de restauração e esplanadas, muito frequentado pelos habitantes da cidade.

Segundo uma testemunha ocular, Laura Silva, o aparelho terá chocado com outra máquina idêntica, igualmente em pleno voo, "rasgando o pano da asa" do parapente acidentado.

"O condutor terá perdido o controlo" do aparelho, que acabaria por "embater numa das espias de suporte da árvore de Natal, caindo no chão com alguma violência", adiantou a mesma testemunha ocular do acidente.

Entre o choque com o outro parapente e a queda, "decorreu algum tempo", acrescentou à Agência Lusa, Laura Silva, que ficou com "a sensação de que o piloto fez várias tentativas para controlar" o aparelho, que, entretanto, "começou a rodopiar e a perder altura" até se "embrulhar" com as espias de suporte da árvore de Natal.

Os bombeiros sapadores de Coimbra não têm, no entanto, "conhecimento do envolvimento de um segundo aparelho" no acidente, disse Amândio Lapa.

O parapente acidentado ficou "bastante danificado", mas "não há outros danos materiais a registar", para além das espias de suporte da árvore de Natal, disse ainda aquele responsável.

Além dos sapadores de Coimbra, que deslocaram para o local 11 bombeiros e quatro viaturas, foram mobilizadas quatro elementos e dois veículos dos voluntários de Coimbra, duas ambulâncias e respetivas equipas de socorro do INEM e da Cruz Vermelha, e diversos elementos da PSP e da Polícia Municipal.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG