Prisão preventiva para suspeito de fogo posto

O Tribunal Judicial de Leiria decretou hoje a prisão preventiva ao suspeito de ter incendiado na madrugada de sexta-feira uma viatura e três habitações na freguesia da Maceira, concelho de Leiria, informou à agência Lusa fonte da Polícia Judiciária.

A medida de coação foi estabelecida esta manhã após o primeiro interrogatório judicial. O homem, de 45 anos, foi detido pela PJ de Leiria na sexta-feira, ao final da tarde, no concelho de Pombal, quando se preparava para incendiar um pinhal dos irmãos, revela a mesma fonte, acrescentando que no móbil do crime estão conflitos com a família e vizinhos.

O incêndio que deflagrou na madrugada de sexta-feira destruiu uma viatura ligeira e alastrou a três habitações no lugar de Telheiro, freguesia de Maceira, Leiria, sem causar feridos. Uma das habitações estava alugada ao suspeito e ficou inabitável. Numa outra residência, alugada a uma família que se encontrava de férias fora do país, as chamas consumiram parte do telhado, o mesmo sucedendo na casa em que habita o casal proprietário das três habitações.

O alerta foi dado pelas 04:13 por uma vizinha e o fogo foi extinto pelas 04:51 por 23 homens e seis viaturas dos Bombeiros Voluntários da Maceira, informou o comandante da corporação, Luís Ferreira. A viatura ficou completamente destruída pelas chamas, mas o depósito de combustível não explodiu, precisou o secretário da Junta de Freguesia da Maceira, Vítor Reis, acrescentando que o carro estava estacionado sob um telheiro de chapa e pertence a uma vizinha das casas atingidas.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG