Incêndio em aviário mata nove mil pintos

O incêndio que na madrugada de hoje destruiu um aviário na localidade de Paredes Velhas, no concelho de Vouzela, causando a morte de nove mil pintos e um prejuízo superior a 125 mil euros, disse à Lusa o seu responsável.

"Os peritos do seguro vão ter de avaliar, mas estimo que os prejuízos sejam superiores a 125 mil euros, podendo chegar aos 150 mil euros", disse Carlos Seixas à agência Lusa. Durante a madrugada de hoje, um incêndio destruiu completamente um aviário da localidade de Paredes Velhas, tendo provocado a morte a nove mil pintos.

Carlos Seixas contou que o aviário era um negócio de família, onde trabalhava com a sua mãe, que é a proprietária. "Tínhamos o aviário desde 1976 ou 1977 e foi a primeira vez que aconteceu uma coisa destas", lamentou, assegurando ainda que sempre tiveram "o máximo cuidado".

O responsável do aviário explicou que pretendem "resolver tudo com o seguro o mais rápido possível", para que seja possível retomar a actividade.

O alerta para o incêndio foi dado cerca das 05:20 e as operações de rescaldo prolongaram-se até depois das 09:00. No local estiveram sete bombeiros apoiados por duas viaturas.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG