Casos de legionella estabilizados. Seis doentes já tiveram alta

Boletim diário revelado pelo hospital CUF Descobertas revela que não foram detetados casos novos. Dos 15 doentes notificados até sexta-feira nove mantêm-se internados

Dos 15 doentes diagnosticados até sexta-feira com legionella seis já tiveram alta hospitalar. De acordo com o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde, divulgado agora pelo hospital CUF Descobertas, há ainda nove doentes internados, cinco dos quais na CUF, no Internamento Geral, e a evoluir positivamente.

O número de pessoas afetadas pelo surto da doença dos legionários está então estabilizado há três dias, conforme o próprio ministro da Saúde confirmara. A partir de março, informou ainda Adalberto Campos Fernandes, o governo pretende ajudar os hospitais a "apertar a malha" no controlo da bactéria.

A CUF Descobertas abriu uma investigação detalhada para descobrir a origem do surto de legionella. Em paralelo, o hospital continua a trabalhar com a Autoridade Local e Regional de Saúde para garantir um entendimento rigoroso sobre os factos ocorridos. Neste momento, segundo informou o hospital no final da semana passada, decorre um processo de análise profundo e detalhado e ainda se aguardam os resultados das análises realizadas no Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge.

Recorde-se que ainda em novembro um surto de legionella no São Francisco Xavier provocou 56 casos de infeção, sendo que seis doentes acabaram por morrer.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG