Capitania do Funchal recomenda que barcos regressem aos portos de abrigo

A Capitania do Porto do Funchal emitiu hoje avisos de mau tempo, na sequência das previsões meteorológicas adversas nos mares da Madeira, recomendando a todas as embarcações que regressem aos portos de abrigo.

Segundo a informação divulgada, está em vigor um "aviso de sinal 6 (mau tempo), com vento que vai soprar com "força 7", entre os 51 e os 62 quilómetros por hora.

"Recomenda-se a todas as embarcações que regressem aos portos de abrigo e os seus tripulantes ou proprietários se mantenham vigilantes", exorta a Capitania do Funchal.

Segundo as previsões do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), nos mares da Madeira, o vento será muito fresco a moderado, diminuindo de intensidade, a visibilidade moderada e as ondas vão oscilar entre os 2,5 e os 4,5 metros nas costas norte e sul da ilha.

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera colocou hoje 12 distritos de Portugal continental e a Madeira sob aviso laranja, o segundo mais grave de uma escala de quatro, devido ao vento, chuva e agitação marítima.

A ilha da Madeira está com este alerta por causa da previsão de vento forte a muito forte, com rajadas da ordem dos 110 quilómetros por hora, até às 11:59 de hoje, passando depois a aviso amarelo.

Também sob aviso amarelo está o arquipélago dos Açores, devido à previsão de chuva, vento forte e agitação marítima, até às 20:59 de sexta-feira.

Devido esta situação meteorológica, o navio "Lobo Marinho" cancelou pelo quinto dia consecutivo as ligações entre as ilhas da Madeira e Porto Santo.

O arquipélago da Madeira vive desde o passado fim de semana sob condições atmosféricas adversas, tendo vigorado no domingo um alerta vermelho que provocou quedas de árvores, algumas estradas fechadas, condicionou o movimento no aeroporto da ilha e, segundo informação do Serviço Regional de Proteção Civil, "não provocou danos pessoais".

Mais Notícias

Outras Notícias GMG