Cão atirado por cima de rede foi mordido pelos animais que estavam soltos

O animal foi levado ao veterinário e está a convalescer nas instalações da associação. "É dócil e sossegado"

O cão que foi atirado por um homem por cima de uma rede de um canil privado em Soure, distrito de Coimbra, este domingo, foi mordido por outros cães que se encontravam na parte exterior da Sourepatas - Associação de Defesa dos Animais de Soure.

"Cumpre-nos informar-vos de que o cãozinho se encontra a convalescer nas instalações da Associação. Na segunda à noite foi transportado à Vetcondeixa, tendo sido consultado e medicado pois fora mordido por um residente", informou a associação através da sua página de Facebook.

O post, que se intitula "Mais um ato deplorável" alerta para " a perigosidade de atirarem animais pela vedação. Para além de se poderem magoar devido à queda, também poderão ser magoados pelos residentes que se encontram soltos no recreio", esclareceu o canil.

Quanto ao episódio, os responsáveis e voluntários da Sourepata afirmam: "tudo faremos para apurar a identidade dos responsáveis. Para isso contamos com a colaboração de todos, partilhando o mais possível e comunicando, preferencialmente por mensagem privada, qualquer informação relevante".

O canil partilhou ainda algumas imagens do cão que se encontra a convalescer, acrescentando "que é dócil, meigo e sossegado".

O homem foi apanhado pelas câmaras de videovigilância e as imagens do abandono foram partilhadas por um voluntário no Facebook.

Os vídeos mostram como ele chega num Smart e estaciona junto ao canil e rapidamente pega no cão que estava dentro do automóvel e atira-o sobre a rede, partindo logo de seguida.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG