Câmara de Proença-a-Nova planta árvores autóctones em cada uma das 87 aldeias

Reflorestar foi o desafio que este município do distrito de Castelo Branco lançou às associações locais

A Câmara de Proença-a-Nova vai plantar uma árvore de espécie autóctone em cada uma das 87 aldeias do concelho, iniciativa que visa assinalar o Dia Internacional da Floresta, anunciada esta terça-feira.

"Estamos a assinalar o ano municipal da floresta com uma atividade com enfoque na floresta a cada dia 21. No dia em que se assinala o Dia Internacional das Florestas, vamos plantar uma árvore em cada aldeia do nosso concelho: uma aldeia, uma árvore", explica, em comunicado, o presidente da Câmara de Proença-a-Nova, João Lobo.

A iniciativa "Uma aldeia, uma árvore - de sol a sol", decorre na quarta-feira, com início previsto para as 06:30, na aldeia de Vale e termina às 21:00, na aldeia de Vergão.

O autarca apela ao empenho e dinamismo das associações e coletividades de Proença-a-Nova para que esta plantação, embora simbólica, possa reforçar a urgência na mudança de paradigma relativamente à organização da floresta e às espécies autóctones que foram desprestigiadas.

"O sucesso do projeto 'Proença A Nova Floresta' depende de cada um de nós, seja na limpeza da floresta, contribuindo para a defesa de pessoas e bens, seja na reflorestação organizada, tornando o concelho mais seguro e mais verde", sublinha.

Reflorestar a floresta foi o desafio que este município do distrito de Castelo Branco lançou às associações locais, em mais uma iniciativa inserida no Ano Municipal da Floresta - Proença A Nova Floresta.

"Na semana em que celebramos a floresta podem e devem as associações promover outra ação de plantação no perímetro da aldeia", afirma João Lobo.

Em parceria com as coletividades locais, 87 aldeias responderam ao repto lançado pelo autarca e desta forma vão receber esta iniciativa, plantando uma árvore proveniente de espécies autóctones dentro do perímetro da mesma.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG