Câmara de Santarém anuncia hasta pública de antigos prédios militares

Blocos de apartamentos e o terreno do antigo bairro social 16 de março vão ser vendidos

A Câmara de Santarém vai vender em hasta pública, no próximo dia 31, dois blocos de apartamentos que pertenceram à Escola Prática de Cavalaria (EPC) e o terreno do antigo bairro social 16 de março.

Em comunicado, o município anunciou hoje que os dois lotes (3 e 4) do antigo bairro militar (devoluto desde que a EPC saiu de Santarém, há uma década) vão ter como valor base de licitação 536.320 euros cada um, sendo o valor mínimo de cada lance de 500 euros.

Por seu turno, o terreno do bairro 16 de março tem como valor base de licitação 410.800 euros, sendo o valor mínimo de cada lance igualmente de 500 euros.

A hasta pública vai realizar-se no dia 31 às 10:30, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, podendo os interessados consultar o programa de procedimentos nos serviços de Finanças e de Património ou na página eletrónica do município, com a entrega de propostas a decorrer até às 16:30 de dia 26, afirma a nota.

Não é a primeira vez que a Câmara de Santarém coloca em hasta pública o terreno do bairro 16 março, sendo que a hasta pública lançada em 2010, pelo valor base de um milhão de euros, ficou deserta.

O município chegou a decidir a venda por ajuste direto, mas o negócio nunca se concretizou por falta de interessados.

O terreno com perto de 3.700 metros quadrados teve implantados 32 prédios urbanos, construídos em 1948, no então bairro Salazar, e entretanto demolidos, tendo sido feita agora nova avaliação.

Mais Notícias