Banco Alimentar recolhe alimentos este fim-de-semana

A presidente da Federação Portuguesa dos Bancos Alimentares Contra a Fome admite que a actual crise económico-financeira pode afectar a campanha que arranca hoje, mas mostrou-se confiante.

A campanha decorre este fim-de-semana, mas até dia 4 de Dezembro é também possível fazer doações online através do site www.alimentestaideia.net escolhendo entre os produtos disponíveis.

Há também a alternativa de optar por um cabaz de família constituído por leite, latas de salsichas e de atum, óleo e azeite, pelo valor de dez euros e que pode ser pago electronicamente.

No site, até às 17:30 de sexta-feira, tinham já sido doados 2.845 litros de azeite, 2.708 litros de óleo, 15.117 litros de leite, 448 quilos de atum, 1.326 quilos de salsichas e 2.880 quilos de açúcar.

Até dia 04 de Dezembro, decorre ainda a campanha "Ajuda Vale" com a entrega de vales de compras disponíveis em várias superfícies comerciais.

Contactada pela Agência Lusa, Isabel Jonet disse prever que a "retracção das expectativas do consumo venha a ter reflexos nesta campanha", mas logo de seguida lembrou que, ano após ano e campanha após campanha, "o número de alimentos entregue tem sempre vindo a crescer".

"Temos constatado que o número de alimentos entregue tem sempre vindo a crescer, mas não podemos nunca ignorar que esta é uma campanha feita em plena época de crise onde, pela primeira vez, houve um corte nos subsídios de Natal, houve um acréscimo do IVA e, sobretudo, há muito desemprego e onde há muito mais famílias afectadas pela situação económica", apontou.

Para Isabel Jonet, os recordes a bater são os da solidariedade, que tanto se reflectem nos bens doados como no número de pessoas que se disponibiliza para ajudar durante a duração da campanha.

A presidente da Federação Portuguesa dos Bancos Alimentares Contra a Fome (FPBA) apontou que esta é já a 40ª campanha realizada e que sempre constatou a confiança que os portugueses têm na iniciativa.

"Temos como habitualmente a previsão de que os portugueses uma vez mais vão responder presente e uma vez mais vão contribuir com os seus donativos em alimentos para o Banco Alimentar da sua região", afirmou Isabel Jonet.

O lema desta campanha é "Graças à sua ajuda há cada vez mais sorrisos" e estará espalhada de norte a sul do país, em 19 regiões, e será desenvolvida com o contributo de 34 mil voluntários.

O produto da campanha será depois distribuído localmente a pessoas com carências alimentares comprovadas através de 2.047 instituições de solidariedade social previamente seleccionadas.

Dados da FPBA revelam que durante o ano de 2011 foram apoiadas 329 mil pessoas através de 2.047 instituições e que em 2010 foram angariados 26.567 toneladas de alimentos, o que equivale a uma média diária de 106 toneladas por dia útil.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG