Balsemão pediu ao MP dados sobre relatório da Ongoing

Dono da SIC enviou um requerimento ao processo, solicitando informações sobre um relatório que terá sido feito na Ongoing e que diz respeito à sua vida empresarial.

Francisco Pinto Balsemão enviou esta semana um requerimento ao processo das secretas, solicitando ao Ministério Público informações sobre um relatório que consta dos autos e que diz respeito à sua vida empresarial. O dono da SIC pretende, tal como o próprio já anunciou, avançar com uma queixa-crime contra os autores do documento.

Ao todo, são 31 páginas sobre a vida empresarial e familiar de Francisco Pinto Balsemão que foram apreendidas a Jorge Silva carvalho, antigo diretor do Serviço de Informações Estratégicas e Defesa, no âmbito do chamado caso das secretas. O documento consta dos autos do processo. Quando foi tornado público, Francisco Pinto Balsemão anunciou de imediato a intenção de processar os seus autores: "Surpreendeu-me e chocou-me conhecer os métodos, os princípios e as práticas adotados por pessoas e empresas que desenvolvem as suas atividades livre e impunemente numa sociedade democrática", disse em comunicado.

Por isso, para avançar com uma queixa, o presidente da SIC precisa dos elementos recolhidos pela investigação do processo das secretas: o documentos e referências aos seus autores.

No processo das secretas foram acusados Jorge Silva Carvalho, ex-diretor do Serviço de Informações Estratégicas e Defesa (SIED), Nuno Vasconcellos, presidente do grupo Ongoing, e João Luís, antigo diretor operacional do SIED.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG