Costa escusa-se a comentar "assuntos da vida interna" de Angola

António Costa prevê falar com o Presidente angolano na cimeira UE-África, nos dias 29 e 30 de novembro, em Abidjan, na Costa do Marfim

O primeiro-ministro escusou-se hoje, em Gotemburgo, a comentar "assuntos da vida interna de Angola", mas admitiu que a cimeira UE-África na Costa do Marfim constituirá "uma excelente oportunidade" para falar com o Presidente angolano, João Lourenço.

"São assuntos da vida interna de Angola. Não vou estar aqui a tratar de matérias que são da estrita competência interna e da vida interna de Angola, que é um país independente, um Estado soberano e de que somos amigos e irmãos", respondeu, quando questionado pelos jornalistas sobre a situação naquele país, designadamente as alterações feitas pelo novo Presidente na gestão de empresas públicas angolanas, que incluíram a retirada da Sonangol e do canal público de televisão dos filhos do seu antecessor, José Eduardo dos Santos.

António Costa, que falava à saída de uma "cimeira social" de líderes da União Europeia, na Suécia, ao ser questionado sobre se tem previsto falar com João Lourenço em Abidjan, em 29 e 30 de novembro, por ocasião da cimeira UE-África, disse ser natural que assim aconteça, dado ambos participarem na reunião, e recordou que "não seria a primeira vez".

"Se surgir essa oportunidade será excelente. Não seria a primeira vez: ainda há muito pouco tempo tive oportunidade de o receber enquanto secretário-geral do PS na sede do Partido Socialista, no Largo do Rato, temos mantido contactos e, portanto, seguramente em Abidjan será uma excelente oportunidade para falarmos", declarou.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG