Amor em Montalegre? É na sexta-feira 13

A queimada do padre António Fontes será transformada numa espécie de poção do amor

A primeira sexta-feira 13 do ano, que se assinala em fevereiro, em Montalegre, vai transformar a queimada do padre António Fontes numa espécie de poção do amor, estendendo a festa ao Dia dos Namorados.

Desde 2002, a Câmara de Montalegre festeja as sextas-feiras 13, num evento que já faz parte do calendário cultural da região e representa, segundo o vice-presidente do município, David Teixeira, um volume de negócios de cerca de um milhão de euros para este concelho do distrito de Vila Real.

"A sexta 13 é, neste momento, a garantia da entrada de mais de um milhão de euros num só fim de semana, quer para a restauração, hotelaria e pequenos produtores locais", afirmou à agência Lusa o responsável.

À festa das bruxas, demónios, figuras do além ou duendes aderiram, até agora, 30 restaurantes, a maioria dos quais tem já a lotação esgotada para o próximo dia 13 de fevereiro.

A novidade desta primeira sexta 13 do ano é a junção ao Dia dos Namorados, que se celebra a 14 de fevereiro.

"A história vai rondar à volta da paixão de Valentim e toda a decoração e surpresas que vão acontecer em Montalegre têm um pouco a ver com essa transição da sexta 13 para o Dia dos Namorados", explicou David Teixeira.

O autarca referiu que a tradicional queimada do padre António Fontes, que continua a ser a figura central desta festa e a quem cabe a tarefa de preparar este licor feito à base de aguardente, limão e açúcar, vai servir não só para esconjurar os males mas também para "unir" os que se querem apaixonar.

"Tudo vai acontecer à volta dessa possibilidade, de quem não está apaixonado apaixonar-se em Montalegre e por Montalegre no dia 13", frisou.

A festa vai decorrer entre a praça do município e o Castelo, o palco para o espetáculo de teatro e música. A animação continua depois, até de madrugada, pelos bares e discotecas.

Como são esperadas temperaturas muito baixas, a autarquia vai combater o frio acendendo fogueiras pelas ruas.

Em 2015, assinalam-se mais duas sextas 13 em março e novembro.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG