Acidentes mataram 98 peões no ano passado

Os acidentes de viação mataram 98 peões no ano passado em Portugal continental, a maioria dentro de localidades, segundo dados provisórios da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR), que não incluem o mês de dezembro.

A maior parte destes acidentes (64) ocorreu dentro de uma localidade e 34 fora, de acordo com os dados, solicitados pela agência Lusa. No mesmo período de 2011 (janeiro a novembro) foram contabilizados 100 peões mortos, dos quais 76 em localidades. Os dados do ano passado revelam que 11 pessoas morreram ao atravessar a via numa passagem sinalizada, sem que nenhuma delas tenha desrespeitado a sinalização.

A ANSR contabiliza 526 vítimas mortais de janeiro a novembro de 2012, no território do continente, assinalando 98 peões. No anterior, para o mesmo período, são apontadas 625 vítimas mortais. Cem são peões. Em 2012, foram feridos com gravidade 394 peões, contra 475 em 2011 (dados de janeiro a novembro). Neste capítulo há ainda a assinalar, 4071 feridos ligeiros dentro das localidades e 79 fora.

Em 2011, foram atingidos sem gravidade 4615 peões dentro das localidades e 114 fora da zona urbana. A partir de segunda-feira, e até domingo, assinala-se a Semana da Prevenção Rodoviária das Nações Unidas, dedicada aos peões, e da qual a ANSR se afirma como entidade parceira da Direção-Geral de Saúde (DGS) e da Associação de Cidadãos Auto Mobilizados (ACAM).

Estão programadas várias iniciativas, cujo lançamento ocorrerá a partir do edifício central da Câmara Municipal de Lisboa, no Campo Grande, estando previsto o envolvimento de escolas. A ACAM anunciou já que defende, juntamente com os ciclistas, a criação do cargo de provedor do peão e do ciclista. Estão igualmente envolvidas no programa de atividades a GNR e a PSP.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG