ACAM publica um livro em inglês

The walker and the city. O livro, lançado ontem em Portugal, por uma associação portuguesa - a Associação de Cidadãos Auto-Mobilizados (ACAM) - é todo escrito em inglês. A razão é simples: "infelizmente, as pessoas mais interessadas nesta matéria da mobilidade e da circulação pedonal são estrangeiras", explicou ao DN o presidente da ACAM, Manuel João Ramos, na esperança de em breve existir uma necessidade de lançar uma nova edição em português.

Após o lançamento do livro, às 17.30, na delegação de Lisboa do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra, Manuel Ramos descreveu-o como "uma espécie de manuel de boas práticas para relacionar as necessidades qualitativas dos peões com as exigências urbanísticas". A ideia "é recrear as cidades europeias num perspectivas dos 30 anos, assumindo uma mudança de paradigma: o uso abusivo do automóvel". A obra, que se inscreve num programa da Fundação Europeia de Ciência, foi escrita por 50 especialistas de toda a Europa.

Em defesa dos peões, e respondendo ao presidente do ACP, Manuel Ramos reage ironicamente: "Não há memória de um peão ter atropelado um automóvel". Ao DN, disse ainda que esta campanha do ACP denuncia "a falência do ensino da condução em Portugal".

Mais Notícias

Outras Notícias GMG