Rui Rio diz que não existirá Bloco Central

O 37.º Congresso do PSD arrancou com o discurso de despedida de Passos Coelho e a primeira intervenção de Rui Rio como presidente do partido

O Centro de Congressos de Lisboa recebe o congresso do PSD. Os trabalhos foram abertos pelo líder da distrital lisboeta, Pedro Pinto.

Seguiu-se a intervenção de Pedro Passos Coelho, que esteve à frente do partido desde março de 2010, tornando-se o segundo líder com mandato mais longo no PSD, quase oito anos, só atrás de Cavaco Silva, que presidiu aos destinos dos sociais-democratas por quase uma década.

O PSD está a transmitir em vídeo direto o seu congresso.

Rui Rio fez depois o seu primeiro discurso perante os congressistas como líder do PSD e as notas finais do foram de ataque cerrado à maioria de esquerda: "A atual solução governativa limita-se a viver à boleia de uma conjuntura económica favorável. Gasta todos os bónus conjunturais que recebe para contentar os seus insaciáveis apoiantes parlamentares".

Ou seja: "É claramente uma solução política que não tem qualquer hipótese de cuidar coerentemente do futuro de Portugal."

Os trabalhos vão prosseguir pela noite fora com a apresentação das 20 moções setoriais.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG