2 mortos e 7 feridos graves no 1º dia da Operação Páscoa

Nas primeiras 24 horas da "Operação Páscoa" da GNR (durante todo o dia de ontem, quinta-feira), registaram-se dois mortos e sete feridos graves nas estadas do País, disse ao DN fonte militar.

Estas vítimas são resultantes dos 300 acidentes contabilizados durante todo o dia de ontem (data de início da operação). "Houve um ligeiro acréscimo de vítimas e de sinistros quando comparados com os dados referentes ao mesmo período do ano passado, mas isso não quer dizer nada. Só no final da operação se poderá fazer uma comparação fidedigna", acrescentou a mesma fonte.

De acordo com a mesma, o tem estado na origem destes acidentes são os motivos habituais; ou seja; "as manobras perigosas e o excesso de velocidade. Desta vez, ambos os aspectos estão também relacionados com as condições climatéricas, sem que no entanto fiquem de fora os abusos habituais por parte dos automobilistas".

A "Operação Páscoa" teve início às 00.00 de quinta-feira e terminará às 24.00 de segunda-feira. A vigilância das estradas está diariamente a cargo de 1750 militares da GNR.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG