Três militares e familiar de GNR internados com legionela no Hospital das Forças Armadas

Três militares das Forças Armadas e a familiar de um militar da GNR estão internados no Hospital das Forças Armadas (HFAR), infetadas com a bactéria da legionela, disse esta quarta-feira fonte oficial ao DN.

Os quatro residem na região de Vila Franca de Xira e um dos militares, um sargento enfermeiro da Marinha sem patologias associadas, está ligado ao ventilador nos cuidados intensivos e com prognóstico reservado, informou o porta-voz do Estado-Maior General das Forças Armadas (EMGFA).

O tenente-coronel Rui Silva adiantou que a situação clínica do militar internado nos cuidados intensivos, de 49 anos, se manteve estável nas últimas 24 horas.

Dois dos militares são da Marinha e um do Exército.

Destes quatro pacientes, residentes nas zonas de Santa Iria da Azoia e do Forte da Casa, um deles foi diagnosticado com a bactéria da legionela no Hospital de Vila Franca de Xira e enviado para o HFAR. Os outros três dirigiram-se diretamente ao hospital militar.

O porta-voz do EMGFA referiu ainda que o HFAR está em contacto com a Direção-Geral de Saúde e que, até à data, ali não deu entrada qualquer doente oriundo do Serviço Nacional de Saúde (SNS).

Contudo, Rui Silva assegurou que o HFAR tem capacidade e está disponível para receber civis do SNS se houver necessidade.

Mais Notícias