Seguro soube uma hora antes das medidas do Governo

O PS revelou, em nota à comunicação social, que o secretário-geral do partido só soube das medidas que Passos Coelho anunciou na sexta-feira passada uma hora antes delas serem anunciadas pelo primeiro-ministro, em comunicação ao país.

O comunicado socialista surge como resposta a uma afirmação de Passos Coelho, ontem à noite, na entrevista que deu à RTP 1: "Eu informei o líder do Partido Socialista, como não podia deixar de ser, da comunicação que ia fazer ao país, e julgo que isso é importante na medida em que, como primeiro-ministro, devo respeitar os outros órgãos de soberania, que não foram evidentemente apanhados desprevenidos".

Lamentando a divulgação por Passos de conversas privadas com Seguro, o PS adianta que nessa conversa o secretário-geral do partido comunicou "com toda a clareza" ao primeiro-ministro que discordava das medidas que seriam anunciadas uma hora depois (pelas 19.00).

Mais Notícias

Outras Notícias GMG