Seguro diz que Gaspar "é conhecido é por falhar previsões"

O secretário-geral do PS defendeu hoje que apenas nos próximos dias se saberá qual o verdadeiro défice de Portugal em 2012 e apontou que o ministro de Estado e das Finanças falhou até agora todas as previsões.

António José Seguro falava em conferência de imprensa, depois de confrontado com declarações do ministro Vítor Gaspar, segundo as quais o défice de Portugal em 2012 ficará abaixo dos valores acordados com a 'troika' (menos 700 milhões de euros) e abaixo dos cinco por cento.

"Se alguma coisa o ministro das Finanças é conhecido é por falhar nas suas previsões. Em Portugal, ainda não acertou numa única previsão", começou por responder o secretário-geral do PS.

António José Seguro salientou depois que o ministro das Finanças admitiu um valor do défice abaixo dos cinco por cento, "mas também disse várias vezes que o défice ficava em redor dos seis por cento".

"O que sabemos é que o défice não ficará em 4,5 por cento, que era o objetivo [inicial] contratado" pelo Governo com a 'troika'.

Face a este panorama, o secretário-geral do PS defendeu que "os próximos dias serão importantes para que se esclareça com verdade e com rigor qual vai ser o verdadeiro défice para 2012".

Mais Notícias

Outras Notícias GMG