Rio diz que não vai "pôr cascas de banana" ao governo. Mas quer que Marcelo seja mais exigente

Líder do PSD defendeu em entrevista à TVI que demitir o Governo seria "uma completa irresponsabilidade no quadro em que o país está"

O presidente do PSD, Rui Rio, defendeu esta segunda-feira que o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, deve ser mais exigente com o Governo no seu segundo mandato, mas afastou um cenário de crise política.

Em entrevista à TVI, o líder social-democrata admitiu que, devido à pandemia, o chefe de Estado tenha "de dar institucionalmente mais a mão ao Governo", mas salientou que, passada a crise pandémica, "gostava de ver o Presidente da República no seu segundo mandato um pouco mais crítico e mais exigente com o Governo".

Ainda assim, Rui Rio defendeu que demitir o Governo seria "uma completa irresponsabilidade no quadro em que o país está", considerando que agora é necessário "remar todos para o mesmo lado e ajudar o país".

"De forma crítica, é certo, mas não criar boicotes. Não está na hora de eu tentar por cascas de banana ao Governo a ver se a coisa corre mal para eu ganhar votos com isso, não é para isso que eu estou aqui", acrescentou, advogando que "uma coisa é o Presidente da República ser mais exigente com o Governo, outra é o Presidente da República provocar uma crise e atirar com o Governo abaixo".

Mais Notícias

Outras Notícias GMG