"Ribeiro e Castro devia pôr o lugar à disposição"

O eurodeputado do CDS-PP Diogo Feio criticou o voto contra a alteração do Código de Trabalho de Ribeiro e Castro.

Em declarações à Sic Notícias, o eurodeputado confessou que não entendeu tomada de posição do seu colega de partido José Ribeiro e Castro, por este ter furado a disciplina de voto da bancada.

"Posso só dizer o que faria se estivesse no lugar dele: tinha posto o meu lugar à disposição", apelou Diogo Feio. Lembrando o cargo relevante que Ribeiro e Castro ocupa como presidente da comissão parlamentar de Educação.

Ribeiro e Castro está contra a revisão laboral por acabar com o feriado de 1 de dezembro, dia da restauração da independência.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG