"PS tudo fará para evitar segundo resgate"

Seguro e Passos trocam acusações sobre responsabilidades na crise, num regresso às eleições de... 2011. Líder do PS responde a primeiro-ministro que socialistas não querem novo programa de assistência.

António José Seguro garantiu hoje no Parlamento que "o PS tudo fará para evitar segundo resgate", depois de interpelado pelo primeiro-ministro sobre se os socialistas desejavam um segundo programa de assistência.

O líder do PS tinha apontado uma contradição a Passos Coelho, por ter começado a sua primeira intervenção a sublinhar o "sucesso" das 8ª e 9ª avaliações do memorando da 'troika', quando durante a campanha eleitoral das autárquicas tinha falado de um segundo resgate. "Eu referi que não seria necessário e seria dispensável um programa de ajuda", replicou o primeiro-ministro.

Passos Coelho defendeu que "evitar um segundo programa é cumprir o que é negociado com a 'troika'". Seguro replicou que "foi a austeridade a mais que liquidou o programa de assistência, foi para além do programa".

Mais Notícias

Outras Notícias GMG