PS faz "permanentemente campanha eleitoral", diz PSD

O porta-voz social-democrata voltou hoje a responder ao líder socialista, que tinha acusado o primeiro-ministro de ignorar os portugueses, para recordar que a agenda de Passos Coelho é a de chefe de Governo.

"O líder da oposição [António José Seguro] estranha que o primeiro-ministro não estivesse mais próximo das pessoas, é sabido que a sua agenda de primeiro-ministro tem estado à frente das suas preocupações", afirmou Marco António Costa, em declarações perante candidatos do PSD e CDS em Sobral de Monte Agraço (distrito de Lisboa).

O porta-voz social-democrata notou que este facto "não é uma cultura entendível para um partido como o PS, que quando está a governar o que faz é permanentemente estar em campanha eleitoral". E separou as águas:"O PSD quando está a governar, governa", não faz campanha.

Outra crítica repetida aos socialistas, é a destes esconderem antigos dirigentes do PS. "É um partido que não esconde a sua própria história", disse do PSD por oposição aos socialistas.

No PSD, apesar da presença discreta do primeiro-ministro e presidente social-democrata (que regressa hoje à noite ao terreno, com a participação num jantar em Mafra), Marco António notou que o PSD tem vários ex-líderes (Manuela Ferreira Leite, Pedro Santana Lopes, Marques Mendes, Marcelo Rebelo de Sousa) em campanha e outros dirigentes nacionais.

Mas desde domingo passado que a agenda destes não é tornada pública e só há notícia da presença de Manuela Ferreira Leite, no domingo passado no Sardoal, e de Santana Lopes na última quarta-feira na Figueira da Foz.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG