"Preocupa-me uma licenciatura que seja feita num ano"

O coordenador do Bloco de Esquerda (BE), Francisco Louçã, disse hoje à agência Lusa esperar que o ministro Adjunto e dos Assuntos Parlamentares, Miguel Relvas, esclareça a polémica criada em torno da sua licenciatura.

"Numa matéria destas só o próprio ou a Universidade podem dar esclarecimentos. Na verdade, a mim preocupa-me uma licenciatura que seja feita num ano", afirmou Francisco Louçã, à margem de uma visita ao Centro de Saúde do Estoril, no concelho de Cascais.

Questionado sobre se o ministro Adjunto e dos Assuntos Parlamentares deve esclarecer todo o seu processo de licenciatura, o coordenado do BE respondeu: "assim espero".

No entanto, Francisco Louçã sublinhou que mais do que o caso da licenciatura, preocupa-o a derrapagem orçamental de 7,9 por cento que, em seu entender, quer dizer "que o Governo não sabe o que faz".

"O país precisa de responder às suas preocupações e o Bloco de Esquerda exige esclarecimentos onde é preciso que haja respostas e batemo-nos por essas respostas. É assim que faremos", concluiu.

O caso da licenciatura de Ciência Política e Relações Internacionais atribuída a Miguel Relvas em apenas um ano pela Universidade Lusófona surgiu esta semana na imprensa.

Segundo as notícias publicadas, Miguel Relvas terá entrado na Lusófona em 2006, quase dois anos depois de ter sido secretário de Estado da Administração Local no Governo de Durão barroso, tendo-lhe sido conferido o diploma em 2007, de acordo com o Processo de Bolonha.

O ministro Adjunto e dos Assuntos Parlamentares já veio explicar que o processo de conclusão da sua licenciatura foi "encurtado por equivalências reconhecidas e homologadas pelo Conselho Científico da referida Universidade em virtude da análise curricular a que precedeu previamente".

Também a Universidade Lusófona negou, na quarta-feira, qualquer irregularidade, garantindo que o ministro obteve o seu grau académico tal como centenas de outros alunos desde a aplicação do Processo de Bolonha.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG