PR diz que "Portugal é uma democracia com instituições democráticas sólidas"

Casos judiciais envolvendo as elites políticas e financeiras "acontecem em todos os países" e há que "mostrar ao mundo que Portugal é uma democracia com instituições democráticas sólidas, onde são respeitadas as competências de cada um desses orgãos", declarou esta quinta-feira o Chefe do Estado.

Cavaco Silva falava aos jornalistas no Dubai, no final da sua visita oficial de dois dias aos Emirados Árabes Unidos (EAU) e que coincidiu com uma nova megaoperação judicial em Portugal, envolvendo buscas relacionadas com o BES e Ricardo Salgado.

"Durante estes dois dias não encontrei nenhum sinal de menor consideração, respeito ou menor imagem do nosso país. Não se falou uma única vez dos casos" ocorridos nos últimos dias, com destaque para a detenção e posterior prisão preventiva do ex-primeiro-ministro José Sócrates, sublinhou o Presidente.

"Nunca foi colocada uma questão que estivesse relacionada com a credibilidade e a imagem de Portugal no exterior", durante os encontros com responsáveis políticos e empresários dos EAU, insistiu Cavaco Silva.

"Levo esta satisfação comigo: é um indicador de que a nossa imagem no exterior não está a ser afetada", adiantou o Chefe do Estado.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG