PCP insiste em eleições antecipadas

Debate proposto por comunistas sem presença do Governo. Bancada do PCP antecipa "maio de resistência, luta e confiança"

O deputado do PCP, Francisco Lopes, evocou a "força que ontem encheu as ruas e praças do nosso País" para antecipar um "maio de resistência, luta e confiança", colando-se assim à concentração e à jornada de luta anunciadas no 1º de maio pelo secretário-geral da CGTP, para dia 25 e 30 de maio, respetivamente.

No debate desta tarde na Assembleia da República, em que se discute o projeto de resolução comunista, "por uma política alternativa que resgate o país do declínio económico e social, Francisco Lopes defendeu uma "política patriótica e de esquerda" - e disse-o 11 vezes -, insistindo na necessidade de convocar "eleições legislativas antecipadas".

O PCP recordou "a apresentação pelo Governo do Documento de Estratégia Orçamental, com o propósito de cortar mais seis mil milhões nas funções sociais do Estado e nos serviços públicos", além da "previsão de mais recessão económica e mais desemprego", para concluir que "esta política é uma política de desastre nacional".

Mais Notícias

Outras Notícias GMG