Paulo Ragel diz que "está bem" com qualquer calendário

À chegada do Conselho Nacional do PSD, o eurodeputado e futuro candidato à liderança social-democrata afirmou que está "tranquilo" e que qualquer data para as diretas para ele serve.

Paulo Rangel afirmou esta quinta-feira que está preparado e tranquilo para ir a diretas no PSD em qualquer data.

"Eu por mim estou bem com qualquer calendário", garantiu o eurodeputado, à chegada ao Conselho Nacional do PSD. "Estarei tranquilo" para aceitar qualquer data que este organismo entender marcar o escrutínio, acrescentou.

Sublinhando que a data de 4 de dezembro, foi proposta pelo próprio Rui Rio, para a contestar minutos depois com o argumento de que não é conveniente por questões estratégicas tendo em conta as dúvidas sobre a aprovação, ou não, do Orçamento do Estado, Rangel disparou: ​​​​​​​"O que eu estranho é que o PSD ponha nas mãos do dr. António Costa o seu calendário interno".

"Mas se o Conselho Nacional assim o entender", prosseguiu, "n​​​​​​​ão tenho medo, não tenho qualquer receio, estou tranquilo", garantiu.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG