Passos e Portas voltam a reunir-se esta manhã

O presidente do PSD e primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, e o presidente do CDS-PP e ministro demissionário Paulo Portas, que se encontraram hoje à noite, voltarão a reunir-se na quinta-feira de manhã, disse à Lusa fonte governamental.

Fontes de ambos os partidos descreveram o encontro como "construtivo".

Pedro Passos Coelho e Paulo Portas estiveram reunidos cerca de hora e meia em São Bento. Passos saiu da residência oficial do primeiro-ministro às 00:07.

Este encontro aconteceu após o primeiro-ministro ter regressado a Portugal vindo de uma reunião em Berlim, na Alemanha, e depois de uma reunião da Comissão Executiva do CDS-PP.

A Comissão Executiva do CDS-PP mandatou o presidente do partido, Paulo Portas para se reunir com o presidente do PSD e primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, com o objetivo de encontrarem "uma solução viável para a governação em Portugal".

Na terça-feira, Pedro Passos Coelho fez uma declaração ao país em que manifestou surpresa pela decisão de Paulo Portas, defendeu ser "precipitado" aceitar esse pedido de demissão e afirmou que iria manter-se como primeiro-ministro e clarificar as condições de apoio ao Governo de coligação com o CDS-PP.

Paulo Portas demitiu-se na sequência da demissão de Vítor Gaspar de ministro de Estado e das Finanças, e da substituição deste por Maria Luís Albuquerque, divulgadas na segunda-feira.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG