Parlamento liberta documentos sobre Passos Coelho

Secretaria-geral apenas guardou declarações de IRS do primeiro-ministro, dizendo que só com autorização do próprio os podia divulgar

A secretaria geral da Assembleia da República enviou, esta tarde, para todos os grupos parlamentares um extenso dossiê sobre todos os pareceres e documentos relativos à passagem de Pedro Passos Coelho pelo Parlamento, entre 1995 e 1999.

São dezenas de páginas com documentos, folhas de vencimento como deputado, pareceres e pedidos de informação. De fora do acervo ficaram apenas as declarações de IRS de Passos Coelho relativamente àqueles anos.

O secretário-geral, Albino Azevedo Soares, justificou a decisão, dizendo que tais documentos dizem respeito a "dados pessoais" e que, por isso, "não pode ser distribuída sem autorização do interessado"

Mais Notícias

Outras Notícias GMG