Parlamento aprova acordo com a Turquia na Defesa

O parlamento aprovou esta terça-feira, com votos favoráveis do PSD, CDS e PS, o acordo entre Portugal e a Turquia sobre cooperação na indústria da defesa. PCP, BE e Verdes votaram contra.

A cooperação será nas áreas da investigação conjunta, o desenvolvimento, produção e modernização de peças sobressalentes, instrumentos e equipamento técnico necessários às Forças Armadas, a venda a terceiros através de parcerias comuns e a aquisição de equipamento militar, entre outros.

O acordo tem como base um documento firmado em novembro de 2013 e foi assinado inicialmente por José Pedro Aguiar-Branco, e homólogo turco, Ismet Ylmaz, durante uma visita oficial à Turquia, a convite das autoridades locais.

"O Acordo tem por objetivos estabelecer uma cooperação no âmbito da indústria de defesa, melhorando as capacidades das suas indústrias de defesa através de uma cooperação mais eficaz nas áreas de desenvolvimento, produção, aquisição e manutenção de bens e serviços de defesa e apoio técnico e logístico relevante", diz o texto hoje aprovado.

A Turquia produz atualmente 55% das suas necessidades em termos de indústrias de Defesa, e admite, segundo o ministro turco, abrir as portas às capacidades portuguesas nos restantes 45%.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG