Os "tubarões" da direita destroem a pesca portuguesa

Marisa Matias garantiu ao DN que não foi à "pesca de votos" para o porto de pesca de Sesimbra.

A cabeça de lista do Bloco de Esquerda (BE) foi esta manhã ao encontro de pescadores no porto de Sesimbra. O objetivo não foi "pescar votos" para as europeias, como garantiu em resposta à pergunta do DN, mas manifestar a sua solidariedade e determinação em defender a pesca artesanal portuguesa.

"As políticas de pesca definidas pela comissão europeia defendem a pesca dos países nórdicos e a pesca artesanal, como é maioritariamente a portuguesa, tem sido muito atacada e prejudicada", sublinha Marisa Matias.

A candidata não deixa de lamentar que "os tubarões" da direita tenham sempre votado no parlamento europeu ao lado dos interesses alemães e nórdicos. "São os tubarões da direita que estão a destruir a pesca artesanal portuguesa".

Marisa Matias lembrou que os partidos da esquerda europeia, como o BE, tem tentado impedir essa situação e defendido, por exemplo, a necessidade da renovação da frota pesqueira para a pesca artesanal. "Curiosamente o deputado Paulo Rangel [coligação Aliança Portugal] esteve ao lado dos que votaram contra essa iniciativa", assinala a bloquista. "Podemos agradecer a direita e até ao PS que votaram em conjunto a atual política comum de pescas", acrescenta.

A comitiva bloquista não se quis demorar muito mais nesta ação de campanha porque havia outra ação marcada para o mesmo local, a da Aliança Portugal e o encontro não estava no programa.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG