Marcelo: Guterres não se candidatar à presidenciais é "perda" para PS e para esquerda

O social-democrata Marcelo Rebelo de Sousa considerou hoje que o antigo primeiro-ministro socialista António Guterres não se candidatar a Presidente da República é "uma perda" para o PS, para a esquerda e parte significativa dos portugueses.

"Compreendo que seja uma certa perda para o PS, para a esquerda em geral, e, porventura, para uma parte significativa dos portugueses, que gostaria que ele fosse candidato presidencial e, porventura, até que fosse Presidente da República", afirmou ex-líder do PSD, em Beja.

O também comentador político, que falava aos jornalistas à margem de um encontro comemorativo dos 40 anos da distrital de Beja do PSD, reagia a declarações de António Guterres, que hoje, em entrevista ao canal de televisão Euronews, em Bruxelas, disse que "não é candidato a ser candidato" presidencial.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG