Marcelo diz que Passos Coelho saiu fragilizado

Comentador da TVI afirmou que o primeiro-ministro Pedro Passos Coelho sai fragilizado do caso Tecnoforma.

O ex-líder do PSD afirmou ontem que o primeiro-ministro Pedro Passos Coelho sai fragilizado do caso Tecnoforma. " A maneira como se comportou durante todo o processo acaba por não lhe correr bem", disse Marcelo Rebelo de Sousa.

No seu habitual espaço de comentário no jornal das 8 da TVI, o comentador relevou que naquela altura os rendimentos dos deputados eram tratados com" uma certa leveza" e de que a sensação com que fica é que Passos " foi desleixado enquanto deputado". "Deixou de ser o super-homem Passos para o homem Passos", afirmou Marcelo.

Para o comentador, Passos sujeitou-se a um desgaste monumental mas isso não implica a sua demissão ou uma crise política.O comentador da TVI disse que no seu caso, levantaria o sigilo bancário, apesar de respeitar a decisão de Passos. "Respeito, mas mais vale matar logo o assunto", afirmou.

Marcelo não entende porque é que Passos enviou um pedido à PGR, se tinha a noção de que não existiam irregularidades. Para o comentador, o primeiro-ministro deveria ter actuado como Luís Filipe Menezes , que mandou investigar e clarificar a situação.

Marcelo espera ainda que o caso se possa resolver pois " toda esta especulação não faz bem à democracia". Para o comentador existem temas muito mais importantes a debater nos próximos tempos.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG