Manuel Alegre no Dia de Portugal...em Olivença

Poeta e histórico socialista aceitou convite do ayuntamiento de Olivença para falar de Camões e do seu livro infanto-juvenil As naus de verde pinho.

Olivença é em Espanha - província de Badajoz, comunidade autonómica da Estremadura - mas também comemora o Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portugueses, e há já vários anos.

A autarquia, do PSOE, convidou o poeta português Manuel Alegre para, hoje, numa sessão solene nos paços do concelho, falar sobre Camões.

O histórico socialista falará também com jovens da terra sobre um seu poema dedicado aos Descobrimentos, "As naus de verde pinho", o primeiro livro infantojuvenil que escreveu (ganhou em 1998 o Prémio António Botto).

Na sessão onde Alegre estará, participará também, via online, uma autarca de Porto Seguro (Brasil), falando sobre Pedro Álvares Cabral. Dito de outra forma: o ayuntamiento local celebra o 10 de Junho celebrando a lusofonia.

Falando ao DN, Manuel Alegre afirmou-se "comovido" com o convite que a autarquia de Olivença lhe fez.

Não se querendo pronunciar sobre a querela substantiva que opõe Olivença a Madrid (muitos são os que defendem que este concelho espanhol deveria pertencer a Portugal), Manuel Alegre vê a sua presença como uma forma de celebrar "boas relações de vizinhança". E isso - acrescenta - "é democracia".

Embora o Estado português não reclame abertamente Olivença aos espanhóis a verdade, também, é que não renuncia a esta pretensão.

Este é, há muito, um conflito diplomático entre Lisboa e Madrid em estado de banho maria. Os anos da ditadura franquista foram ali marcados por forte repressão da marca portuguesa.

joao.p.henriques@dn.pt

Mais Notícias

Outras Notícias GMG