Mais de 196 mil pessoas inscritas para votar já no próximo domingo

O prazo para a inscrição no voto antecipado em mobilidade termina esta quinta-feira.

Até ao final do dia de ontem inscreveram-se para votar antecipadamente nas eleições presidenciais 196 786 pessoas, um número que quase quadruplica o voto antecipado registado nas eleições para a Assembleia da República, em 2019, quando votaram antecipadamente votaram 50 638 pessoas.

Os números foram avançados na manhã desta quinta-feira (14 de janeiro) pelo Ministério da Administração Interna, no mesmo dia em que termina o prazo para inscrição no voto antecipado. Os eleitores inscritos nesta modalidade - aberta a qualquer cidadão - vão votar já no próximo domingo.

Ao contrário dos últimos atos eleitorais, em que o voto antecipado estava limitado às capitais de distrito e ilhas das regiões autónomas, desta vez haverá mesas de voto nos 308 municípios do país, numa tentativa de evitar concentrações de eleitores nos locais de votação, devido à pandemia da covid-19.

Quem pretende votar antecipadamente deve inscrever-se por meio eletrónico (em https://www.votoantecipado.mai.gov.pt/) ou por via postal. A 17 de janeiro, o próximo domingo, deve apresentar-se na mesa de voto que escolheu, com o documento de identificação civil. Ontem, o ministério da Justiça avançou que será possível votar com o cartão do cidadão caducado - os cidadãos com cartão expirado a partir de 24 de fevereiro do ano passado "podem identificar-se junto da mesa de voto, em território nacional ou no estrangeiro, com esse mesmo cartão, não sendo necessária a apresentação de qualquer outro documento de identificação".

Para exercer o direito de voto não será necessário apresentar um documento comprovativo do agendamento da renovação do cartão de cidadão já caducado.

As eleições presidenciais estão marcadas para 24 de janeiro próximo e vão decorrer em pleno período de confinamento, mas haverá liberdade de circulação para ir votar.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG