Licenciatura de Relvas no Ministério Público

O ministro adjunto demissionário Miguel Relvas deverá perder a licenciatura em Ciência Política e Relações Internacionais na Universidade Lusófona, noticiaram as edições online do Público e do jornal I.

A decisão - a confirmar-se - será resultado da auditoria à Universidade Lusófona conduzida pela Inspecção Geral de Educação, a qual foi entregue ao ministro Nuno Crato em Janeiro.

O Ministério da Educação (ME) deverá enviar agora o resultado do relatório ao Ministério Público, avança a edição online do semanário Expresso.

Ainda segundo o mesmo semanário, o ME não tem competência para retirar graus académicos atribuídos por uma universidade. Pelo que a solução encontrada terá sido enviar o caso para a justiça.

A universidade recusa-se a comentar o caso (ler notícia relacionada).

Mais Notícias