Junqueiro defende que congresso deve ser depois das autárquicas

O vice-presidente da bancada socialista José Junqueiro defendeu hoje que o próximo congresso do PS deve realizar-se após as eleições autárquicas, sustentando que o partido tem agora de estar concentrado na preparação deste ato eleitoral.

A posição de José Junqueiro, que é candidato socialista à presidência da Câmara de Viseu - e considerado próximo de António José Seguro -, foi transmitida à agência Lusa, depois de os ex-ministros Pedro Silva Pereira e Vieira da Silva terem defendido que o congresso do PS deverá realizar-se antes das eleições autárquicas, que estão previstas para outubro.

"Entendo que o congresso do PS deve realizar-se em conformidade com o regulamento e com os estatutos do partido, ou seja, depois das eleições autárquicas. Todos os órgãos do partido estão a funcionar com plena legitimidade no exercício do mandato", advogou o "vice" da bancada socialista.

Ainda de acordo com José Junqueiro, "a concentração máxima do PS deve ser na preparação das eleições autárquicas".

Confrontado com a possibilidade de haver uma crise política a curto prazo, o dirigente do Grupo Parlamentar do PS desdramatizou esse cenário.

"Em qualquer momento que se exija emergência, a Comissão Nacional do PS (o órgão máximo partidário entre congressos) pode reunir-se e pode decidir tudo, incluindo uma antecipação do congresso", alegou José Junqueiro.

Hoje, na Assembleia da República, o secretário-geral do PS foi questionado pelos jornalistas sobre quando é que terá lugar o próximo congresso do PS.

António José Seguro respondeu aos jornalistas com uma pergunta: "Qual é a pressa?".

Mais Notícias

Outras Notícias GMG