José Sócrates elogia político do "compromisso"

O antigo primeiro-ministro e líder do PS, José Sócrates realça ao DN a relação de amizade que tinha com Jorge Sampaio e elogia a sua postura política.

José Sócrates, primeiro-ministro entre 2005 e 2011, reagiu com pesar à morte de Jorge Sampaio, por quem não esconde grande admiração.

"Como todos os que partilharam a vida política com Jorge Sampaio, estou dominado pelo silêncio do espanto pela morte de alguém que admirava. Era um homem de espírito, culto, divertido e encantador no convívio. As memórias que tenho dele, são de uma relação entre Presidente da República e primeiro-ministro que foi além da política, e se tornou uma relação de estima, consideração, admiração", afirma Sócrates ao DN.

O antigo líder socialista lembra ainda que "o traço permanente da carreira política de Jorge Sampaio é o do compromisso ao estado de direito e aos direitos, liberdades e garantias ou não tivesse sido ele um advogado e lutador contra a ditadura. Sempre demonstrou preocupação, cuidado e atenção com as instituições democráticas e o seu prestígio".

A nível mais pessoal diz sentir "o seu desaparecimento como o desaparecimento de alguém que foi importante na vida política e sempre com gestos atenciosos, simpáticos e de bom companheiro para comigo (...) Sinto, enfim, tristeza e penso na família, a esposa e os filhos, que espero consigam passar este momento com coragem", sublinha José Sócrates.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG