Há "captura do poder político" pelo económico

O ex-dirigente do PS João Cravinho considerou hoje que existe uma "captura do poder político" pelo poder económico, um fenómeno que disse atingir as "várias famílias políticas do arco do poder".

"Não é difícil a qualquer cientista político demonstrar que há todo um conjunto de factos e evidências que levam a constatar precisamente a existência dessa captura", afirmou, apontando o "tráfico de influências" e a "partidarização da administração pública" como "as duas coisas mais importantes que estão no cerne do problema".

João Cravinho falava aos jornalistas à margem da II Jornadas de Ciência Política do ISCTE-IUL, na qual interveio sobre os governos provisórios pós-25 de Abril 1974.

"Uma das razões por que essa captura é tão extensa, tão profunda e tão estável é porque atinge as várias famílias políticas que são do arco do poder. Trata-se de referir que as grandes decisões de Estado que interessam a interesses económicos são concertadas de acordo com os interesses económicos", argumentou.

O ex-deputado do PS, que integra a Associação Cívica Transparência e Integridade, frisou que o tráfico de influências "não se confunde com a existência de lobbies" que "têm lugar na vida democrática quando é encarada de forma transparente".

O problema, disse, é que muitas vezes "as decisões quando chegam à Assembleia ou muitas vezes ao Governo, já vão definidas, são tomadas fora do funcionamento normal" das instituições democráticas.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG