"Esperamos viragem económica em 2013"

O ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Paulo Portas, disse hoje em Lisboa que Portugal espera mudanças económicas no próximo ano.

"Queria que soubessem que sendo 2012 um ano difícil esperamos uma viragem de crescimento económico em 2013", disse Paulo Portas num encontro com membros do Governo do Iraque, promovido pela Câmara de Comércio e Indústria Árabe-Portuguesa, que decorre em Lisboa.

"Portugal está empenhado no crescimento económico e saneamento das finanças públicas. Há um ano, Portugal, por excesso de dívida, solicitou ajuda externa. Portugal dá a maior importância ao fator credibilidade nas relações internacionais", referiu Paulo Portas no encontro com empresários e governantes iraquianos.

"A nossa atitude é cumprir os compromissos, atingir os objetivos, fazer as reformas, avançar com as privatizações e a reaver a nossa autonomia", disse ainda o ministro dos Negócios Estrangeiros, que considera que Portugal "é visto como um caso singular em relação aos outros países em assistência na zona euro".

"Para isso é preciso aproveitar este ano para fazer um conjunto de reformas; para fazer da economia portuguesa mais atrativa e competitiva", afirmou também o chefe da diplomacia, que vai estar esta tarde na Assembleia da República devido à Moção de Censura ao Governo apresentada pelo PCP.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG