Crescimento e emprego marcam reunião em Cascais

O crescimento, o emprego e o desenvolvimento sustentável serão temas em destaque na reunião do Conselho da Internacional Socialista que começa hoje, em Cascais, com 250 participantes e 90 delegações de partidos e organizações de todo o mundo.

"Economia Global: a nossa visão de Crescimento, Emprego e Desenvolvimento Sustentável" é o tema central do encontro da Internacional Socialista (IS), que termina na terça-feira.

"O principal tema discutido neste Conselho é a crise da zona euro, estando a agenda fortemente focada na situação económica e nos novos caminhos para a saída da crise. Além da crise europeia estará na agenda do debate dos socialistas o desenvolvimento sustentável, as economias emergentes e a democratização dos países árabes", informou em comunicado o PS, acrescentando que o Conselho convocou também reuniões de emergência para discutir a Síria e o Mali.

Na reunião de Cascais estarão figuras como o ex-primeiro-ministro grego, George Papandreou, presidente da IS, Luis Ayala, secretário-geral, e Ségolène Royale, ex-candidata presidencial francesa.

O secretário-geral do Partido Socialista Operário Espanhol (PSOE), Alfredo Pérez Rubalcaba, cancelou no sábado a sua deslocação a Portugal para participar na reunião da IS, devido à situação política em Espanha, abalada por um escândalo de corrupção.

No domingo, reuniu-se num jantar de trabalho na sede do PS o Presidium da IS, "o órgão executivo e político mais relevante da Internacional Socialista, em que presidentes e vice-presidentes dos vários partidos socialistas se juntam para concertar posições".

Antes do início do jantar, Seguro afirmou aos jornalistas que a reunião da IS discutirá a saída da crise, "não pela via da austeridade e do 'custe o que custar'", mas pela via do "crescimento e do emprego".

Mais Notícias

Outras Notícias GMG