Costa é o único líder em terreno positivo

Dirigente socialista segue destacado. Ventura com um saldo negativo de 55 pontos.

António Costa pode estar em queda, quando o que está em causa é a sua prestação enquanto secretário-geral do PS. Mas continua a ser o único líder partidário com um saldo positivo (diferença entre avaliações positivas e negativas). Todos os outros estão em terreno negativo, com destaque para o radical André Ventura, como revela o barómetro da Aximage para DN, JN e TSF.

Enquanto primeiro-ministro, António Costa tem 56% de avaliações positivas e 29% de avaliações negativas, o que lhe garante um saldo de 27 pontos, como revelámos no domingo. Já enquanto secretário-geral do PS, está um pouco pior, com 50% de positivas e 28% de negativas, o que lhe reduz o saldo para 22 pontos. Acresce que baixa sete pontos de janeiro para fevereiro.

Não há, no entanto, ninguém que se lhe compare, uma vez que todos os outros líderes têm um saldo negativo. Rui Rio, por exemplo, em nada aproveita a baixa de popularidade do socialista. O presidente social-democrata, tal como o socialista, perde sete pontos de um mês para o outro e está agora com um saldo negativo de 10 pontos.

Rejeição a Ventura

O grande perdedor de fevereiro, no entanto, é outro líder da direita: André Ventura tem agora um saldo negativo de 55 pontos, o que ajudará a explicar a perda de tração eleitoral do Chega (perde um ponto entre janeiro e fevereiro nas intenções de voto e regressa ao quarto lugar). O líder da direita radical tem níveis de rejeição particularmente elevados entre os que vivem na região do Porto, os mais jovens e os que têm maiores rendimentos, tal como entre os eleitores comunistas e bloquistas.

A maior subida deste mês é para João Cotrim Figueiredo, da Iniciativa Liberal (um crescimento coincidente com os ganhos na projeção de resultados para o seu partido): é aliás o líder de Oposição com melhor avaliação, ainda que fique com um saldo negativo de dois pontos. O bom resultado relativo fica a dever-se a uma avaliação positiva acima da média entre os homens e os inquiridos que estão no topo da escala social.Quem também ganhou algum terreno em fevereiro foi André Silva, líder do PAN (saldo negativo de 10 pontos), o comunista Jerónimo de Sousa (saldo negativo de 14 pts.) e a bloquista Catarina Martins (saldo negativo de 18 pts.). Francisco Rodrigues dos Santos, do CDS, ficou igual ao mês passado (saldo negativo de 32 pts.).

rafael@jn.pt

FICHA TÉCNICA DA SONDAGEM

A sondagem foi realizada pela Aximage para o DN, JN e para a TSF, com o objetivo de avaliar a opinião dos portugueses sobre temas relacionados com a atualidade política. O trabalho de campo decorreu entre os dias 17 e 20 de fevereiro e foram recolhidas 822 entrevistas entre maiores de 18 anos residentes em Portugal. Foi feita uma amostragem por quotas, com sexo, idade e região, a partir do universo conhecido, reequilibrada por sexo, idade, escolaridade e região. À amostra de 822 entrevistas corresponde um grau de confiança de 95% com uma margem de erro de 3,4%. A responsabilidade do estudo é da Aximage Comunicação e Imagem, Lda., sob a direção técnica de José Almeida Ribeiro.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG