Costa desafia municípios à utilização plena da "bazuca"

O líder do Governo falava no encerramento da cerimónia de apresentação dos projetos de reabilitação e valorização fluvial, que inclui a intervenção em 150 quilómetros de linhas de água e 50 massas de água, abrangendo 55 municípios.

O primeiro-ministro desafiou esta sexta-feira os municípios a mobilizarem-se para a utilização plena do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), numa cerimónia em que o presidente da Câmara de Coimbra e da Associação de Municípios defendeu a regionalização.

"Comecem desde já a preparar os projetos, a estabelecer os consócios no âmbito das Comunidades Intermunicipais, as parecerias com as misericórdias, as mutualidades e as IPSS para completarmos a rede de cuidados continuados integrados até 2026, e para a requalificação dos centros de saúde e investimento na escola digital que vão passar a gerir", disse António Costa, em Coimbra.

O líder do Governo falava no encerramento da cerimónia de apresentação dos projetos de reabilitação e valorização fluvial, que inclui a intervenção em 150 quilómetros de linhas de água e 50 massas de água, abrangendo 55 municípios, num investimento de 50 milhões de euros, que tem de estar concretizado até final de 2023.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG