CIP disponível para participar na modelação da medida TSU

O presidente da Confederação Empresarial de Portugal (CIP), António Saraiva, afirmou hoje que manifestou ao presidente da República disponibilidade para fazer parte num eventual processo de modelação da medida anunciada pelo primeiro-ministro.

António Saraiva lembrou aos jornalistas, após uma hora e meia de encontro entre os parceiros sociais que assinaram o acordo tripartido com o governo e o presidente da República, que a CIP defende redução da TSU "como fator de competitividade das nossas empresas".

No entanto, disse, "não entendemos que essa redução da TSU seja feita como o primeiro-ministro nos anunciou aumentando os encargos dos trabalhadores para a segurança social em mais 7%. Acreditamos que há formas diferentes de o fazer", disse.

"Há alternativas, elas estão estudadas", afirmou António Saraiva, que, segundo afirmou, manifestou ao presidente da República disponibilidade para fazer parte num eventual processo de modelação da medida anunciada pelo primeiro-ministro, ao qual já solicitou uma audiência.

António Saraiva afirmou ainda que o Governo foi o primeiro a quebrar o acordo tripartido de concertação social.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG