Cheiro a gasóleo perturba debate quinzenal

A sala de plenários tem um intenso odor causado por rutura numa caldeira do edifício da Assembleia da República, como informou Assunção Esteves, durante a sessão.

A presidente da Assembleia da República, Assunção Esteves, explicou aos deputados, já decorriam os trabalhos há mais de uma hora, que o mau cheiro que se faz sentir na sala de plenários se deve a uma rutura de uma caldeira do edifício.

As portas do hemiciclo foram abertas e a presidente do Parlamento indicou que os deputados podem "sair se não se sentirem bem".

O cheiro faz-se sentir desde o início da sessão, tendo provocado um consenso inesperado entre os deputados de todas as bancadas, que comentavam entre sim o "mau cheiro". Também Passos Coelho e António José Seguro, antes de travarem o debate, comentaram um com o outro, da bancada do Governo para a do PS, o odor que se sente.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG