CDS/PP-M diz que a região já não suporta mais austeridade

O presidente do CDS/PP-M, José Manuel Rodrigues, disse hoje que a Madeira não suporta mais austeridade e caminha para uma recessão económica.

"Gostava de dizer claramente, tanto ao Governo da República, como ao Governo Regional que a austeridade tem limites, as famílias e as empresas não suportam mais impostos, não suportam mais cortes e estamos a caminhar perigosamente para uma recessão que vai provocar encerramento de empresas e mais desemprego", disse José Manuel Rodrigues, no encerramento do VII Congresso regional da JP-M que elegeu para presidente Luísa Henriques Gouveia.

O líder dos centristas madeirenses desafiou ainda o presidente do Governo Regional, Alberto João Jardim, que, "a exemplo das muitas viagens que faz a Bruxelas se meta no avião para Lisboa e vá reunir-se com o primeiro-ministro e com o ministro das Finanças" para que o dinheiro vá para a região.

Apesar de já estar celebrado o empréstimo de 1.500 milhões de euros, a região ainda não recebeu qualquer tranche.

José Manuel Rodrigues defendeu um plano de emergência social para a Região, um plano de crescimento económico que aposte no turismo, um novo sistema fiscal para o Centro Internacional de Negócios da

A nova Comissão Politica Regional da Juventude Popular foi eleita por larga maioria, tendo registado apenas um voto em branco.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG