CDS recusa acordos com o PAN e alerta PSD que "não vale tudo" para governar

O presidente do CDS-PP criticou também que "pelos vistos" para o PSD "já vale tudo para chegar ao Governo".

O presidente do CDS-PP criticou esta segunda-feira PSD e Iniciativa Liberal por admitirem negociar com o PAN após as eleições e alertou que os centristas não admitem "nenhum entendimento" com este partido com vista à governação do país.

"Fiquei preocupado, confesso-vos, com as recentes notícias que dão nota que Rui Rio e João Cotrim de Figueiredo admitem entender-se com o PAN para a formação de Governo de Portugal", afirmou Francisco Rodrigues dos Santos, que discursava num almoço com apoiantes em Évora.

E garantiu que "o CDS não fará nenhum entendimento de base de governo com o PAN" porque o PAN é "um partido animalista radical que tem uma agenda ditatorial que quer destruir o mundo rural e o modo de vida das pessoas que trabalham no campo, que respeitam as tradições e são os verdadeiros ambientalistas".

O presidente do CDS-PP criticou também que "pelos vistos" para o PSD "já vale tudo para chegar ao Governo".

"Para nós não vale tudo porque para nós ir para um governo significa respeitar o nosso mundo rural", salientou.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG