CDS diz estar "disponível para compromissos"

O líder da bancada parlamentar, Nuno Magalhães, vincou que o discurso do Presidente da República foi ao encontro daquilo que o CDS "sempre disse", e enfatizou a necessidade de uma cultura de "consenso".

O CDS-PP observou esta quarta-feira que Cavaco Silva "decidiu tomar uma iniciativa política" e que essa opção foi encarada como indo ao encontro daquilo que "sempre defendeu". Nuno Magalhães, líder da bancada parlamentar dos centristas, frisou assim a importância da "cultura de compromisso e de consenso num período em que o País está sob protetorado", recusando, no entanto, comentar o cenário de um Governo de salvação nacional e de eleições antecipadas em junho de 2014.

Nuno Magalhães destacou também que o "CDS está disponível" para encontrar esses consensos com os partidos que subscreveram o memorando de entendimento com a troika e anunciou que os democratas-cristãos vão reunir o seu órgão competente para analisar a atual situação política.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG